Churrasco com amigos tem cada uma. Principalmente em saber das histórias daqueles que a gente não vê há tempos. Essa eu ouvi de uma vizinha, amiga, ex-colega de colégio que namora há dois anos:

O cara foi com ela pro motel. Quando chegou em casa de manhã, não reparou que sua cama estava um pouco desarrumada e foi dormir. Acordou e viu no chão, ao lado da calça jeans que ele usou na noite anterior, uma calcinha.

- Oh, ela mandou sua calcinha pra mim! Que romântico! – pensou o ele.

Excitadíssimo, ele despertou o Wando que tinha em si: cheirou a calcinha, passou-a pelo seu corpo e até se masturbou (com e por ela).

Decidiu ligar pra minha amiga pra agradecer o presente:

- Adorei o que você fez?

- O que eu fiz?

- A calcinha.

- Que calcinha?

- A que você me mandou.

- Eu? Eu não tem mandei calcinha nenhuma.

Sem conseguir convencer a minha amiga de que ela havia mandado sua calcinha pra ele, ele pegou o carro e foi até a casa dela. Ao ver a tal calcinha (que não vou detalhar aqui), a coitadinha quase morreu:

- VÊ LÁ SE EU VOU USAR UMA COISA DESSAS!!! TÁ MALUCO!!!

Inconformado, ele contou o caso pra mãe (com todos os detalhes sórdidos, inclusive). Ela, as gargalhadas, esclarece a confusão: a calcinha era da tia dele que dormiu no seu quarto e deve tê-la deixado cair quando arrumava a mala. A velha, que ainda estava na casa, ficou passada. Muito constrangida, ela queria ir embora a qualquer custo.

Minha amiga heroína não terminou o namoro com ele, mas agora sofre o sério risco de ser trocada pela tia. Vai que ele se apaixona…

About these ads